Pesquisas recentes evoluíram para uma explicação global, abrangendo sobreposição de aspectos como ansiedade, estresse, depressão, tipos de personalidades, alergias, deficiências nutricionais (magnésio, cálcio, iodo e complexos vitamínicos), introdução de substâncias estranhas na cavidade oral, disfunções e/ou transtornos químicos do sistema nervoso central, drogas neuroquímicas, propriocepção oral deficiente e fatores genéticos. Destacam-se os diversos níveis de reações neuroquímicas e os transtornos na arquitetura do sono.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *